-

  • Biblioteca Escolar - Escola Secundária de Vila Real de Santo António
  • quinta-feira, junho 04, 2009

    Bonecos de Santo Aleixo



    02/06/2009
    Bienal Internacional enche Évora de marionetas

    A Bienal Internacional de Marionetas de Évora (BIME) começa hoje à tarde com a participação de 21 companhias, de diferentes cantos do mundo, que vão apresentar 78 espectáculos, muitos deles ao ar livre nas principais praças da cidade.

    Na sua 11ª edição, a bienal comemora 22 anos de existência a receber companhias da Holanda, Alemanha, França, Espanha, Bélgica, República Checa, Inglaterra, Peru, Brasil, Hungria e Portugal.

    Promovida pelo Centro Dramático de Évora (CENDREV), companhia profissional de teatro responsável pelos Bonecos de Santo Aleixo, marionetas tradicionais do Alentejo, a BIME garante ter conquistado «um relevo incontornável no panorama dos festivais internacionais em todo o mundo».

    A importância cultural da BIME no panorama cultural da cidade e do país constitui, segundo os promotores, «um factor de animação e mobilização do público, mas também se assume cada vez mais como cartaz turístico da região alentejana».

    «A Bienal de Évora é hoje um acontecimento cultural de referência no país e no estrangeiro, mobilizando para Évora muitos milhares de pessoas», garante a organização.

    A festa dos bonecos, que se vai prolongar ao longo de seis dias, começa hoje à tarde com a animação de rua pelo grupo Gigabombos do Imaginário, no Jardim das Canas, a que se seguem, à noite, espectáculos de companhias da Holanda e Alemanha, no Teatro Garcia de Resende.

    Até domingo, uma das principais apostas da bienal reside na apresentação de espectáculos em diferentes espaços naturais da cidade, prometendo «surpreender os eborenses e os turistas» no Jardim Público, Largo 1º de Maio, Praça do Sertório, Praça do Giraldo e Largo Luís de Camões.

    Além de um seminário internacional, organizado em parceria com a Universidade de Évora, sobre o tema 'A Formação do Marionetista', o programa prevê também três exposições, uma delas mostra os anfitriões da BIME através de um núcleo das suas figuras originais.

    Além da animação da cidade através de muitos espectáculos de rua, os promotores destacam ainda a presença de um carrossel francês que funciona na Praça 1º de Maio, junto ao Mercado Municipal.

    Tendo como anfitriões os 'pícaros' e 'atrevidos' Bonecos de Santo Aleixo, manipulados por actores do CENDREV, a Bienal de Évora, realizada pela primeira vez em 1987, constitui, segundo os promotores, «um dos grandes festivais europeus da especialidade».

    Fonte: SOL

    Sem comentários: